NO PROVADOR - FARM na Aldeia



A FARM acaba de lançar - ontem-  uma mini- coleção em homenagem à estética indígena brasileira. As peças fazem parte da coleção maior do Verão 2015, chamada ZAI.





Na coleção têm vestidos, blusas e shorts criados pela FARM.Os tecidos são rústicos e as peças com texturas, transparências para mostrar a pele e grafismos que lembram as pinturas corporais dos índios. A mini-coleção traz também uma super novidade: sete peças especiais feitas em parceria com o Instituto Menire, uma ONG sem fins lucrativos destinada exclusivamente ao trabalho com as mulheres da etnia Kayapó da aldeia Pukanu e o apoio do Instituto Kabu, uma instituição 100% indígena.





“O étnico vem sendo uma forte inspiração para a moda e a gente quis criar esta mini-coleção de uma forma genuína. Fizemos uma verdadeira imersão na cultura Kayapó, através da aldeia Pukanu, e o co-branding com o Instituo Menire foi essencial para produzirmos de forma socialmente correta”, explica a diretora criativa da FARM, Kátia Barros.






Uma curiosidade é que parte das equipes de Estilo, Visual e Arte viajou até a aldeia Pukanu, na Amazônia, onde ficaram por cinco dias, dormindo em redes e barracas. Eles levaram os materiais – tintas e miçangas – para fazer a pesquisa das artes com as próprias índias. “Isso tudo trouxe uma experiência de vida incrível, e humanizou o projeto, tanto que o resultou em algo totalmente verdadeiro”, complementa Kátia.




Vale ressaltar que não há imagens que exponham os índios diretamente, pois há regras de uso de imagem deles, controladas pelo FUNAI.  A coleção já está disponível nas lojas e no e-comerce da marca, aqui.



 #farmnaaldeia #evcqualsuatribo?

Colaboração/ texto: Felipe Reis AG. Guanabara
Fotos: divulgação

Chegou a Lebôh - Fresh- Fashion na área!

Sim! Pessoas - bloguétes acaba de chegar no mercado um bom motivo para  nos endividarmos no cartão sentirmos felizes! A Lebôh abriu suas portas hoje com uma programação especial ao longo do dia em um cocktail no fim da tarde. O MB foi  e eu adorei desde o conceito da marca, que é ofertar design por um preço acessível, até os modelitos lindos da Patrícia Simões ( estilista da marca ). E claro que tiveram vários bafos e clicks.




O festerê ocorreu na Pop Up Stor, na Oscar Freire, que ficará por lá por um mês. Mas os produtos já estão disponíveis em vários pontos  de venda do  Brasil. E o e-comerce estará funcionando daqui 1 mês ( passa o tempo rápido, por favor!)






Fresh- fashion é o conceito da Lebôh que terá entradas de peças novas toda semana e acredita que não precisa ser caro para ter design e ser bacana! A média de preço é 160 reais segundo Paty Simões.





Ana Paula Passarelli do marketing da marca conta que o processo de criação rola em 75 dias, o que é pouco para um resultado tão especial! Os tamanhos vão de PP ao G. As estampas são alegres, divertidas e descomplicadas.



O ambiente fervilhou de queridos e queridas da fashionsfera...


Eu, Patrícia Simões, Ana Paula Passarelli, Paula Prado, Renata Kuerten


Vivi Orth e Pedro Lourenço

 O time de Lebôh e Isabelli Fontana com Pri

Aí como não sou de ferro escolhi um look  para chamar de meu! O que acham?







 MELHOR OUSAR QUE CAIR NA MESMIÇE
#ODESIGNNÃOPRECISACUSTAROSOLHOSDACARA



Casa Cor e a moda

A Casa Cor São Paulo teve sua edição de 2014 rolando até ontem. Como sabem sou de formação Designer de Interiores e nunca deixo de ir conferir as novidades. E dessa vez além de olhar com olhos de profissional do decór, também olhei com os olhos de stylist e blogueira de moda e posso dizer foi interessantíssima a experiência. Observei várias referências fashions pelos ambientes e fui intuitivamente traçando paralelos entre a decoração e a moda... Venha junto comigo nessa viagem -  aka. post - ver o que levantei! #muitointeressante #amodaimitaaarte #odecórimitaamoda.




O que não faltou foi imagem de moda nos ambientes, como no quadro acima no ambiente "Futuro sob Medida" da Vitacon .  Outras referências de moda eram mais que simples menções ou sugestões , mas  sim propriamente o tema do ambiente como no lounge de entrada da Alexandra Marques e Rodrigo Costa.





Um dos recursos decorativos ( além de práticos e funcionais) mais usados são os livros temáticos, como tantos de  moda vistos encima de uma mesa aqui... em uma estante lá...em outro criado mudo logo ali...








Conforme o passeio ia seguindo eu ia cada vez focando mais na moda e menos no decór ( sorry para os meus clientes de decoração hihi). Nessas alturas as similaridades e insigths iam pipocando na minha mente. Várias peças, ou ambientes me remeteram à marcas ou estilos do mundinho fashion...



O lustre olhou para o chão e disse: vou ser como eles! hahaha



Assim que entrei na Suíte do casal do Murilo Lomas me lembrei da fortíssima trend de taxas das últimas temporadas...







Sou muito louca, ou essa adega suspensa aparente podia estar dentro do showroom da Hermés?





O Living&Spa do Francisco Calio   e lembrou das coleções Candy da Prada e Louis Vuitton.





Esse ambiente meio sureal do Fabrizio Rollo tem tudo a ver com a proposta artsy do ícônico desfile de Lagerfeld que deixou o mundo babando  com um cenário totalmente dedicado à arte.






O Living do David Bastos foi de longe como decoradora, visitante e styling o meu preferido. Impecável, luxuoso e objetivo. Aí lembrei de uma coleção antiga da Prada e das recentes pirações da Moschino. E aí concordam ? Ou ganhei o troféu loka de vez ?




           



As poltronas então me lembraram nada além  de DIOR. #chic #classico #p&b



Ah! E antes de finalizar este post epifânico kkk Deixo vocês com meu look daquele dia e o look do meu amor ( para inspirar boys).

Ele: camisa Lacost, calça Diesel, sapato Yellow Cake , jaqueta Timberland.
Eu: camisa vintage, jeans Levis, botas Corello e trench coat Burberry.


#arteemodaandamjuntas 
#modaedecoraçãosãolegaisdemontão
 #nãoháfronteirasparacriação
#amomuitotudoisso

Fotos: MB Team / reprodução





Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...